quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

AS FACES DO SISTEMA STORYTELLER

Imagem: Trinity Rulebook

Saudações joviais 3d6 leitores!

Alguns sistemas, mesmo carregando seus cenários a tiracolo, conseguem entrar nas graças dos jogadores e sendo usado além de sua proposta básica. Mesmo com sistemas especializados neste tipo de abordagem, alguns jogos como Vampiro - A Máscara ou Trevas desenvolveram uma comunidade forte que usavam seus sistemas (o Storyteller e o Daemon, respectivamente) em seus próprios mundos de aventuras.

No caso do Storyteller, uma coisa me chamava a atenção especificamente, que era o fato destes jogadores e mestres muitas vezes não saberem que de fato existiam iniciativas oficiais da editora em gêneros além do (até então) punk-gótico do Mundo das Trevas.

Hoje em dia acho difícil encontrar quem ainda use o Storyteller com esta funcionalidade de ser multigênero, mas acho que a lista abaixo pode servir para a galera das antigas... Ou mesmo curiosos de gerações RPGistas mais recentes.

O fundamental aqui não é apontar cenários para jogar ou que estas investidas da White Wolf foram perfeitas, muitos destes jogos colecionaram críticas, tanto positivas (como o Exalted e o Street Fighter RPG) quanto negativas (eita, Trinity, coitado!), mas conhecer estas abordagens da editora em explorar outros gêneros e quem sabe, acrescentar elementos a jogos que estejam rolando, que usam o Storyteller e que as vezes encontram problemas para encontrar mecânicas alternativas que solucionem situações que podem surgir em suas partidas em gêneros diversos, como ficção científica, fantasia, supers, etc..
  • Investigação, Conspirações, Policial, Crime: Vampiro - A Máscara! - pode ser considerado o mais básico, até mesmo a versão mais conhecidas do Storyteller. Em suas páginas há tudo que é preciso para boas histórias de suspense, um mundo cheio de violência e conspirações. Da lista, este é o mais fácil de encontrar, apesar de estar fora de catálogo em português, pode ser encontrado em sebos ou em inglês em lojas virtuais.
  • Fantasia Medieval, Aventura: Exalted! - Esse é um jogo bem elogiado, então acredito que as escolhas mecânicas e conceituais trabalhadas nele devem ser bem interessante para usar o Storyteller num clima mais fantástico e aventuresco.
  • Supers: Aberrant! - Esse jogo tem o cenário bem pitoresco, mas os super-poderes estão lá! O jogo apresenta os novas, seres dotados de poderes incríveis... Alguns resolvem vestir roupas coloridas para combater o crime, mas a maioria prefere usar para soluções práticas do dia-a-dia enquanto tenta lidar com o olhar do resto da sociedade. Além da mecânica, os conceitos do gênero podem dar ideias que fogem do comum. Pessoalmente eu tenho muita curiosidade para conhecer mais e jogar.
  • Ficção Científica, Psiônicos: Trinity! - Resumindo, se trata do futuro (distante) de Aberrant! Onde os seres com super-poderes foram expulsos da Terra, retornando como mutantes em busca de vingança, eras depois! Viagens espaciais e raças alienígenas, tá tudo aqui! Outro cenário bem exótico e controverso da White Wolf e que eu tenho muita curiosidade a respeito.
  • Ação, Lutas, Artes Marciais: Street Fighter RPG! - Apesar de na época terem corrido histórias bizarras de guerreiros mundiais saindo na muquetada com lobisomens (porque os vampiros não tinham chance!), o sistema de luta de SFRPG é bem elogiado até hoje. Infelizmente é o único jogo da lista que se encontra fora de catálogo, mas é recomendadíssimo para quem tem a disponibilidade para buscar em sebos (inclusive saiu em Pt-BR!).
Imagem: Aberrant Rulebook

Acho que é isso. Os curiosos podem seguir os links espalhados no texto. Espero que a lista seja útil para alguém e se por acaso alguém tiver mais ideias de outros gêneros que podem ser usados numa partida de RPG usando o Storyteller, fique a vontade para deixar a sugestão nos comentários!

Bons ventos!

MWXS

>>>

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

DIÁRIOS DE CAMPANHA: CRÔNICAS MUTANTES #03

Imagem: Mutant Chronicles 3rd Edition Roleplaying Game

A QUEDA DE VON HÖLLE (PARTE 3)
Partida jogada em 21.out.2018

PERSONAGEM DO JOGADOR
  • Nicholas "Nix" Culen, imperial dos Boinas Sangrentas (CIA): transferido das selvas de Vênus para trabalhar em algumas operações da Imperial na Cidade de Luna e ocasionalmente colaborar com o Departamento da Policia. Treinado pelas forças especiais do Boinas Sangrentas, Nix é um hábil atirador.
ANTERIORMENTE
A Cidade de Luna acordou com o pé esquerdo. Milhões de pés esquerdos. Depois de um breve, mas generalizado, apagão que afetou toda a grande cidade, a população volta ao seu cotidiano, mas não à sua normalidade: uma série de problemas continuaram a afetar os avançados sistemas que controlam a infra-estrutura da cidade. A gestão de tráfego e telecomunicação, fornecimento de água e eletricidade, apresentavam defeitos cada vez mais regulares,causando estresse entre a população. As corporações usaram suas próprias redes de mídia para apontar dedos umas as outras, buscando transferir as responsabilidades e os achar culpados pelos problemas acontecendo.

Imagem: Modiphius Entertainment

Em meio ao caos, o imperial Nicholas "Nix" Culen é despachado pelo Departamento da Policia de Luna para investigar o desaparecimento da filha de um importante executivo da Bauhaus e seu possível captor, o excêntrico cientista Fabien Von Hölle, um homem perturbado pela morte de seu grande e possivelmente único amigo e pela tomada da empresa que ambos construíram juntos. As únicas pistas encontradas por Nix o colocaram na direção da Torre da Rede de Entretenimento da Capitol, na busca do Estúdio 192, que segundo os registros oficiais, não deveria existir.

>>>

BAIRROS ANTIGOS, CIDADE DE LUNA. ANO 2481 DC
Após o resgate dos estudantes entre as chamas do túnel, Nix deixou as crianças a salvo numa igreja dos Irmãos. Ao trocar algumas palavras com um dos irmãos, o monge falou em tom de profecia, palavras dotadas de uma esperança diante de alguma por vir. Em sua mente, Nix teve a impressão de que aqueles homens tão prontificados a ajudar aos próximos sabiam mais do que as pessoas comuns sobre o que realmente estava acontecendo em volta.

>>>

No caminho para a Torre da Rede de Entretenimento da Capitol, as ruas eram escombros que lembravam vagamente a cidade reluzente que era Luna, cheia de luzes e ordem, que existia apenas algumas horas antes. Concreto e aço tremiam em fogo, exalando uma fumaça que tomava o ar.pesado e fúnebre. Um nevoeiro de cinzas encerrando o silêncio cortado por sirenes, explosões e tiros ao longe.

Nix já estava apenas a alguns quarteirões da Torre da Rede de Entretenimento da Capitol, quando uma comoção alguns metros adiante deteram seus passos. Dois grupos de homens armados estavam numa discussão acalorada sobre a posse de uma capsula de fuga vinda da grande nau bauhaus que havia desabado do céu. Entre imperiais querendo controlar a situação e mishiman reivindicando a prisão daqueles no interior da capsula, na busca de averiguar a culpa da Bauhaus na tragédia.

Aquele conflito estava entre Nix e seus objetivos, que estava a um passo de finalmente encontrar as respostas para o desaparecimento de Sandrine Peterson e o insano trabalho em que Fabien Von Hölle estava envolvido. Nix Culen foi tomado por uma sensação de urgência e não sabia como resolver o impasse em que havia se encontrado, dar a volta para evitar o conflito adiante iria lhe tomar muito tempo... Foi quando resolveu deixar os instintos lhe guiarem. Encontrou uma posição propícia e começou a disparar!

Um a um, Nix derrubou os mishiman em poucos segundos, deixando os imperiais em estado de alerta, preocupados em busca do atirador. Mas Nix continuou atirando, deixando apenas homens mortos em seu caminho.

Minutos depois, Nix Culen conseguiu chegar ao edifício da Capitol, envolto pela névoa sinistra e com os seguranças tentando conter a invasão de vândalos (e alguns inocentes que buscavam apenas um lugar seguro). A situação estava propícia para que Nix invadisse o lugar sem ser percebido nem precisar se arriscar dando explicações diante das armas e dos dedos nervosos dos seguranças do prédio.

>>>

PONTOS DE EXPERIÊNCIA DISTRIBUÍDOS
  • Sessão de jogo: 300xp
  • Segredos: 25xp
  • Extras: 0xp
  • Total: 325xp
PARTIDAS ANTERIORES
  • #01 - A Queda de Von Hölle (parte 1)
  • #02 - A Queda de Von Hölle (parte 2)
MWXS

>>>

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

DIÁRIOS DE CAMPANHA: O JOGO DOS DRAGÕES #09

Imagem: Dungeon Master's Guide

Obs: o texto a seguir aborda os acontecimentos da história dentro de uma partida de RPG. Estão aí para consulta posteriores e para os olhos curiosos de quem tiver interesse. Links para os relatos das partidas anteriores podem ser conferidos no final do texto. No mais, boa leitura!

SOBRE RATOS E DRAGÕES (PARTE 4)
Partida jogada em 29.dez.2018

PERSONAGEM DO JOGADOR
  • Hogar, meio orc guerreiro de armas grandes (Enivas): cresceu nas ruas da Cidade Baixa, em Queda Escarpada, convivendo com os trabalhadores, facínoras e velhacos do Cais Inferior. As dificuldades da pobreza e discriminação fez com que Hogar, um mestiço meio-orc, se tornasse uma pessoa forte, ganhando seu sustento realizando serviços dos quais nem sempre sente orgulho.
ANTERIORMENTE
O comércio entre as cidades de Queda Escarpada e Abrigo do Inverno está prejudicado devido aos ataques de monstros na Estrada do Rei, vindos da Floresta do Manto. Enquanto o poder do arrendatário de terras Armos Kamroth aumenta, a influência do lorde protetor da cidade, Faren Markelhay é afetada.

Imagem: Guia do Mestre

O envolvimento de Hogar com os milicianos de Armos Kamroth resultou apenas em risco à vida do meio-orc. A inimizade com Rupert, o Ruivo, parente de Kamroth, lhe trouxe dificuldades e enquanto tentava consertar o rumo errado das coisas acabou sendo traído e sendo apanhado pela guarda de Queda Escarpada.

>>>

DIA 8 DO 2° MÊS, ANO 601. CIDADE ALTA DE QUEDA ESCARPADA, VALE NENTIR

Os dias na cadeia se arrastavam e as opções começaram a esvair das mãos de Hogar. O meio-orc não viu outro caminho além de tentar fuga. Apanhando um dos guardas de surpresa, conseguiu escapar da cela em que estava confinado... Tudo que veio a seguir aconteceu rápido: correu o mais rápido que pôde e quando já ouvia o alvoroço dos guardas à sua procura, conseguiu chegar até o alto do pequeno prédio da cadeia. O plano de saltar para construção do lado não foi boa, quase não termina bem, mas funciona. As sombras da noite encobrindo os becos de Queda Escarpada e o poder dos músculos das pernas de Hogar fizeram o resto do trabalho, deixando seu cárcere para trás.

Mas não seus problemas.

Com os guardas em seu encalço e com a ameaça da influência de Rupert na milícia de Armos Kamroth, a vida de Hogar estava sob o fio de uma navalha. Então o meio-orc resolve tomar a iniciativa, orando para que Avandra favorecesse sua audácia. Se os guardas não haviam lhe concedido um encontro com o Lorde Faren Markelhay, ele mesmo iria providenciar a oportunidade para falar com o Lorde Protetor de Queda Escarpada!

O Forte Pedraluna, lar de Lorde Markelhay, localizado na colina de mesmo nome, foi o destino escolhido por Hogar. Buscando evitar mais problemas com a guarda, o meio-orc resolveu atravessar o velho bosque, aproveitando as trilhas desgastadas do antigo cemitério que existia ali, que servia ao castelo. As antigas passagens serviram para escalar a colina em segurança, na calada da noite. E os muros do forte foram vencidos pela habilidade de Hogar, que também aproveitou de antigas histórias de assombrações para plantar distrações para os guardas.

A torre do castelo foi algo mais difícil, rendeu uma queda que serviu para o meio-orc aumentar sua atenção. Logo conseguiu atingir os aposentos de Lorde Markelhay, encontrando-o com uma expressão de surpresa pela audácia da invasão.

CONTINUA...

>>>


PONTOS DE EXPERIÊNCIA DISTRIBUÍDOS
  • Encontros de Combate: 0xp
  • Desafios de Perícia: 500xp
  • Bônus: 0xp
  • Total: 500xp
PARTIDAS ANTERIORES
  • #01: O Covil dos Kobolds, parte 1
  • #02: O Covil dos Kobolds, parte 2
  • #03: O Covil dos Kobolds, parte 3
  • #04: O Covil dos Kobolds, parte 4
  • #05: O Covil dos Kobolds, parte 5
  • #06: Sobre Ratos e Dragões, parte 1
  • #07: Sobre Ratos e Dragões, parte 2
  • #08: Sobre Ratos e Dragões, parte 3
MWXS

>>>

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

DIÁRIOS DE CAMPANHA: CRÔNICAS MUTANTES #02

Imagem: Mutant Chronicles 3rd Editon Roleplaying Game

A QUEDA DE VON HÖLLE (PARTE 2)
Partida jogada em 14.out.2018

PERSONAGEM DO JOGADOR
  • Nicholas "Nix" Culen, imperial dos Boinas Sangrentas (CIA): transferido das selvas de Vênus para trabalhar em algumas operações da Imperial na Cidade de Luna e ocasionalmente colaborar com o Departamento da Policia. Treinado pelas forças especiais do Boinas Sangrentas, Nix é um hábil atirador.
ANTERIORMENTE
Em meio ao caos acontecendo na Cidade de Luna, enquanto os dispositivos tecnológicos enfrentam uma pane generalizada e a sociedade sofre um grande estresse com sua infra-estrutura abalada com os sistemas de gerenciamento de eletricidade, transporte, telecomunicações e outros serviços comprometidos, o imperial Nicholas "Nix" Culen é despachado pelo Departamento da Policia de Luna para investigar o desaparecimento da filha de um importante executivo da Bauhaus.

>>>

BAIRROS ANTIGOS, CIDADE DE LUNA. ANO 2481 DC
Com as credenciais dadas pelo Departamento da Policia de Luna, Nix conseguiu acesso a um prédio da administração da Capitol e às plantas da Torre da Rede de Entretenimento. Misteriosamente, ele descobriu que o prédio de 200 andares não possuía o 192° andar. Os relatórios das obras indicavam erros cometidos pelos engenheiros responsáveis.

Luna passava por maus bocados. As pessoas também não ajudavam. Raiva e egoísmo eram a regra geral para lidar com o trânsito congestionado. Nix estava próximo do metrô para ir até a Torre da Rede de Entretenimento da Capitol quando percebeu as pessoas olhando para o céu e viu que tinha algo de errado acontecendo. Algo MUITO errado.

Pairando no céu estava uma grande espaçonave bauhaus. Não representaria problema, se a gigantesca fragata não estivesse baixa demais... E se não houvesse uma nave menor, da Mishima, se aproximando perigosamente em rota de colisão!

O que veio a seguir foi um enorme estrondo que ecoou por vários quilômetros. As explosões deixaram as pessoas paralisadas pelo absurdo do que estava acontecendo... Até que grandes pedaços de metal retorcido começaram a chover sobre Luna!

Nix se viu numa corrida louca para alcançar o metrô, certamente um lugar mais seguro (ou menos perigoso) para chegar e se proteger da calamidade que estava acontecendo. Os veículos nas ruas começavam a subir a calçada ou forçar caminho onde não havia espaço, causando mais acidentes e pessoas machucadas, piorando mais ainda a situação.O imperial tomou uma moto e acelerou desviando do que podia, mas seus reflexos não foram o suficiente, acabou batendo num carro, mas o tombo não o parou. Conseguiu chegar à entrada do metrô e enfrentar a multidão que se afunilava para descer ao subterrâneo.

>>>

Voltando á superfície após sair dos subterrâneos do metrô, a devastação sobre a Cidade de Luna estava escancarada para Nix. As pessoas se moviam em pequenos grupos afastados um dos outros, com medo, buscavam refúgio da tragédia e de saqueadores que se aproveitavam do caos.

Nix já podia ver ao longe a Torre da Rede de Entretenimento da Capitol, mas o túnel que o levaria até lá estava bloqueado... Já pensava em contornar o caminho quando algo urgente lhe prendeu a atenção: um ônibus escolar estava preso entre os carros dentro do túnel. Os danos estruturais sofridos pela queda da espaçonave bauhaus havia deixado rachaduras no lugar e um duto de óleo havia sido atingido, tingindo o veículo amarelo de preto, com as crianças presas lá dentro!

O óleo escorrida pela via e ia perigosamente no rumo de alguns carros incendiados. Nix correu para alcançar o ônibus, escapando das chamas dos carros em volta. Tentou manter a situação sob controle, mas os estudantes estavam em estado de choque, teve que forçar uma das saídas do veículo e escoltar as crianças em pequenos grupos.

Imagem: Dark Symmetry Campaign

As labaredas já atingiam carros próximos e por poucos segundos Nix e os estudantes não foram atingidos pela onda de chamas que de formou quando o óleo em volta inflamou e atingiu o ônibus, num jato de chamas que fez o veículo explodir!

Após o perigo contornado, Nix procurou um lugar seguro para deixar os estudantes e conseguiu encontrar um templo dos Irmãos que se mostrou um refúgio seguro da violência que tomou a Cidade de Luna., amparando os feridos em meio ao caos, prestando primeiros socorros e conseguindo relativa segurança pelas armas de um punhado de operativos de corporações diversas, poucos homens e mulheres que resolveram ajudar além de garantir a salvação da própria pele.

>>>

PONTOS DE EXPERIÊNCIA DISTRIBUÍDOS
  • Sessão de jogo: 400xp
  • Segredos: 25xp
  • Extras: 0xp
  • Total: 425xp
Imagem: Modiphius Entertainment
PARTIDAS ANTERIORES
  • #01A Queda de Von Hölle (parte 1)
MWXS

>>>