domingo, 6 de setembro de 2015

EVENTO: GURPS IN RIO!

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

EVENTO: VAI SER DIVERTIDO (AGO/2015)

domingo, 14 de junho de 2015

PAPO ALEATÓRIO - Hulk, Namor, Pantera Negra e Thor em super-equipes

Quatro personagens da Marvel, por sua natureza, não funcionam como integrantes de equipes de super-heróis sem forçação de barra e vez ou outra fazem parte da formação dos Vingadores ou outros grupos, como os X-Men.
HULK: talvez seja desnecessário explicar o motivo, mas em essência o Hulk é quase uma força da natureza, incontrolável, imprevisível e poderoso! Uma mistura de "O Médico e o Monstro" e "Godzilla". Neste ponto é importante deixar claro que Bruce Banner se trata, na prática, de outra pessoa e este sim, poderia integrar um super-grupo com as devidas limitações, seu papel seria o de consultor em física e o de direcionar o poder destrutivo do Hulk para a direção certa.
NAMOR, PANTERA NEGRA E THOR: esses caras são muito importantes para o seu próprio lugar no mundo e seus problemas um pouco maiores do que salvar os Estados Unidos da América: seja Atlantis, Wakanda ou Asgard. Eu não vejo motivo algum para eles integrarem permanentemente uma super-equipe, suas preocupações vão além, as vidas do povo que amam estão em outro lugar.

Claro, o questionamente aqui é sobre a participação REGULAR destes personagens numa super-equipe, não sobre sua participação eventual. Como citei acima, o Hulk pode ser direcionado pro lugar certo (como Godzilla) e os demais podem se envolver em assuntos globais (até mesmo cósmicos!).

Existem outros personagens em condições semelhantes, mas os que me chamaram mais a atenção quando comecei a pensar sobre o assunto foram estes, com a devida ênfase ao Hulk, que desde a própria fundação dos Vingadores, nunca foi um membro assíduo do grupo devido à sua situação volátil, mas devido ao lobby comercial do personagem nos filmes, foi empurrado de volta à super-equipe nos quadrinhos e desenhos animados.

- MWXS

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Lançamento da versão open-beta de Heroes of the Storm

A desenvolvedora Blizzard anunciou o lançamento da versão open-beta do MOBA "Heroes of the Storm" para o dia 19 de maio deste ano.
Imagem: Blizzard

segunda-feira, 2 de março de 2015

Golpe Fulminante! (conto)

A lua uivava sobre o céu noturno enquanto um aglomerado de pessoas se formou diante de um galpão escuro às margens do Rio Guamá. Eram grupos bem diversificados de indivíduos, formados por membros de escolas de artes marciais da cidade.
Jovens e adultos, apesar da maioria masculina, haviam algumas mulheres, que mostravam olhares determinados e até dotados de mais garra do que a maioria dos homens presentes. Brancos, negros, indígenas e nipônicos, riquinhos da elite urbana ou moradores da periferia... Belém é assim, uma mistura de tipos, embora aquela reunião estivesse longe do interesse cultural de alguém. Meia noite é um horário pouco indicado para festividades e os olhares desconfiados daqueles presentes não era nada propício para amenidades sociais.
Foi uma noite de sussurros, segredos e rivalidades no ar. Rodas de capoeira, dojos de caratê e tae kwon do, academias de boxe e muay thai, desconhecidos ou familiares, se encontraram com respeito ou desdém, num limiar pouco perceptível entre ambos os sentimentos.
Mas aquela reunião havia sido organizada por alguém e seu propósito atiçou a curiosidade de todos.
Quando o portão do amplo galpão foi aberto por um homem forte de cabelos raspados, todos entraram. Sob parca iluminação, todos foram se alocando diante de um palco improvisado, onde um homem magro vestido de capote e chapéu aguardava silêncio para falar. O homem forte se posicionou ao seu lado e gesticulou chamando a atenção de todos.
- Boa noite, senhores. - Disse o encapotado, com um sotaque carioca carregado.
- Tenho muita satisfação de estar diante dos lutadores mais corajosos de Belém do Pará, é mesmo um momento de grandes oportunidades para todos.
- Agradeço imensamente por aceitarem meu convite, para que possam demonstrar suas habilidades num torneio que vem revelando grandes guerreiros em todo o Brasil. Muito provavelmente não o conhecem ainda, alguns de vocês até podem ter ouvido boatos e neste caso, estou aqui para comprovar sua existência. Este é um torneio discreto, revelado apenas para convidados especiais como os aqui presentes.
- Lutadores de Belém do Pará, lhes convoco para o Torneio Golpe Fulminante!
* Leia esta história (atualizada) também no livro "As Crônicas Aleatórias", no Wattpad ou Widbook. Este conto foi originalmente publicado no blog RPG Pará, em dezembro de 2009.

Capa do livro "As Crônicas Aleatórias"

Resolvi começar a escrever e publicar uma série de contos fanfic ("ficção de fãs") ambientadas nos vários universos que aprecio, como os tempos perdidos da história na Era Hiboriana de Conan, os torneios clandestinos de artes marciais em Street Fighter, entre outros.
Rabisquei uma capa usando de minha parca habilidade no desenho (resquícios de um talento não treinado durante minha adolescência) e achei o resultado satisfatório.
Alguns contos já foram publicados neste blog e podem ser lidas também no livro, em desenvolvimento, upado nas redes sociais Wattpad e Widbook.